Nosso escritório trabalha com soluções completas para você:

  • RESIDENCIAL

O projeto de uma casa vai muito alem de uma realização de um sonho….

Uma casa é um lar, onde habitam e convivem pessoas, em diversos momentos, diversas realidades, diversas idades, diversos interesses, diversos focos, que se vêem muito ou não, que trabalham nesse local ou ficam o dia todo fora… enfim… lar é um local onde há harmonia, identidade, reconhecimento, pertencimento, onde as pessoas vive, convivem e sentem-se bem.

  • COMERCIAL

Abrir um negócio, reformular, ampliar, adaptar… O que envolve tudo isso?

Muito além do objetivo estratégico que normalmente é o principal, vender mais, vem embutido uma série de valores que levamos em conta nas nossas análises: a real necessidade do se “pede”, qual o valor destinado para executá-lo, quem são os clientes, como os seus produtos são dispostos/visualizados/acessados, como é a comunicação visual… enfim, muitos pontos a serem considerados e que levarão a resultados superiores aos esperados.

  • CORPORATIVO

O que as pessoas realmente fazem em um escritório?
Que tipo de atividades precisam ser facilitadas em um escritório?
Que tipo de escritório é mais indicado para os diversos perfis de trabalho?
Que tipo de escritório se adequa à identidade, aos valores de uma empresa?

Em quanto tempo esse espaço precisa estar disponibilizado, quais as melhores técnicas, os melhores custos/benefícios da construção, quais os equipamentos e infra-estrutura para as atividades gerais e principalmente para as específicas?
Nossos projetos buscam integração, bem estar e acolhimento aos colaboradores, como forma de oferecer qualidade no ambiente de trabalho e consequente aumento da produtividade, além de comunicar todo perfil e conceito da empresa.

  • INSTITUCIONAL

As escolas… O que pensar em projetos como esses?

Todo o conceito da instituição, a comunicação visual, os valores, os princípios, muitas vezes a história da instituição e de seus fundadores.

Segundo: os custos, os prazos de execução, o impacto na rotina da escola, as interferências.

Junto a isso, vêm os seus pequenos e grandes usuários, a parte mais importante! Pensar no projeto a partir do indivíduo, em como ele ocupará e se relacionará com esse espaço de aprendizado, de estímulo, de conforto e acolhimento.